sábado, 23 de agosto de 2014

INOVAÇÃO: O CAMINHO PARA OS RESULTADOS

Atualmente muito tem se falado em inovação e que é necessário inovar ou a tendência será desaparecer, mas o que é inovação? E como de fato inovar no ambiente empresarial e organizacional? Porque inovar é tão necessário? Nesse artigo vamos discorrer sobre o que é essa tão falada inovação e como chegar até ela.
Primeiramente precisamos definir o que é inovação e como usa-la a nosso favor de forma a obter resultados reais. Segundo Serio e Pedra (2011) “Conceitos como inovação e desenvolvimento de competências destacam-se na academia e no ambiente empresarial.”, o fato do conceito de inovação ser aceito nos mais diversos meios é o que torna o tema importante, pois é possível aplicar nos mais diversos contextos. Inovação não é necessariamente criar algo que não existe que seja diferente, mas é suprir uma necessidade com uma ideia criativa de forma a se atingir resultados tanto financeiros como não financeiros.
Segundo Camarano (2012) citado por Queiroz (2012) para aumentar a sua competitividade, é necessário o desafio de aprimorar a educação, aperfeiçoar a gestão de processos, apostar na inovação e superar os entraves na infraestrutura, sendo que é impossível pensar no desenvolvimento sem ter como conceito chave a inovação. Nesse contexto a inovação tem papel crucial como uma ferramenta para se alcançar resultados financeiros para a organização.
A inovação é essencial, segundo Eulálio (2013) “[…] Se a gente não inova, a gente tende a desaparecer. Temos que estar muito antenados com o que há de novo no mercado, estudar a viabilidade daquilo e trazer o que julgarmos viável. […]”, isso é puramente plausível, pois uma organização estagnada ou fossilizada tende a desaparecer em um mercado cada vez mais dinâmico. Cabe as organizações se auto avaliarem constantemente de forma a descobrir como podem ser constantemente inovadoras.
Não devemos confundir inovação com melhoria de processos, melhorar processos apenas nos torna mais eficazes e eficientes em uma determinada tarefa que pode ser produção, estocagem, gerenciamento entre outros, porém não significa que estaremos inovando, mas somente que estamos automatizando. O objetivo final da organização é o de alcançar resultados, por esse motivo à inovação é necessária, pois ela funcionará como uma ferramenta para auxiliar nessa caminhada.
A inovação em si não é um fim, mas um meio e o que pode definir o nosso sucesso ou fracasso, o que dizer isso é o nosso nível de comprometimento com ela e o quanto nos esforçamos para alcança-la, falar sobre inovação não deve ser apenas um artigo no computador, mas um estilo de vida. Pare e pense, será que não está na hora de inovar?

REFERÊNCIAS

EULÁLIO, Vinícius. Se não Inovarmos tendemos a desaparecer, diz empreendedor. Disponível em: <http://projetos.gazetaonline.com.br/forum2013/?p=291>. Acesso em: 22 ago. 2014.

QUEIROZ, Luiz. Quem não inova Desaparece: e o Brasil precisa fazer mais. Disponível em: <http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=30181&sid=3#.U_csM_ldWls>. Acesso em 22 de ago. 2014.

SERIO, Luiz Carlos Di; PEDRA, Agnaldo. Inovação e gestão de competências por Eric Clapton. Rev. adm. empres.,  São Paulo ,  v. 51, n. 2, Abr.  2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-75902011000200008&lng=en&nrm=iso>. Acesso em  22  ago.  2014.