quarta-feira, 29 de outubro de 2014

EMPRESAS DO FUTURO: POR QUE TRATAR EMPRESAS COMO ORGANISMOS VIVOS?

Autor: Addae do Carmo



Quando alguém pensa em uma nova empresa, qual a primeira coisa que vem à cabeça? Organograma? Fluxograma? Balanced Scorecard? Planejamento Estratégico de Longo prazo? ISO?
http://rizzattigestao.com.br/wp-content/uploads/futuro1.jpgTanto dentro quanto fora do meio acadêmico, temos uma visão de negócios muito padronizada, onde se tem um gerente, supervisor ou chefe e que sempre é cercado de formalismos e burocracias. Não vemos a organização como algo natural, um organismo vivo, mas sim como uma estrutura fixa e imutável, que busca constantemente a melhoria de processos através da padronização e qualidade. No entanto uma organização vai, além disso, estamos em um ambiente complexo que gira em torno de pessoas e pessoas são imprevisíveis, ninguém o que elas farão até que façam, por esses e outros motivos devemos começar a repensar o nosso modelo organizacional e estrutural.
Nós temos fascínio pelas máquinas e pela sua eficiência, mas com as máquinas o máximo que conseguimos é sermos eficientes e nada mais. Máquinas são não criativas, não tem ideias e acima de tudo não inovam. Apenas pessoas tem essa capacidade e por isso é que podemos consideram uma “burrice sem tamanho” compararmos pessoas e máquinas.
As pessoas vão infinitamente além das máquinas tem mais capacidade e são flexíveis, podem se adaptar a situações inusitadas e mudar de opinião a qualquer momento. Na natureza tudo se organiza de forma natural, sem que seja preciso que um líder, tudo flui sem precisar de ninguém mandando ou empurrando, simplesmente com base na sinergia da vida.
Nós enquanto seres humanos racionais, temos a mesma capacidade, porém somos treinamentos para trabalhar de forma medíocre e limitada e não de forma autônoma, crescemos para trabalhar como máquinas que podem ser substituídas e não como organismos complexos e adaptáveis.
Alguns poucos empreendedores passaram a ver que a organização é orgânica e que não tem nada a ver como maquinas ou relógio, não funciona sempre igual e não são iguais. Cada organização é única, por mais que tenham os mesmos clientes, mesmos produtos e estruturas idênticas, elas nunca serão iguais. Se elas nunca serão iguais, então por que devemos o ambiente complexo como sendo sempre igual? A incerteza reina no futuro organizacional e os líderes do futuro tem essa consciência.
Antigamente a decisão era tomada por pouco, hoje porém o conhecimento é difundido e disseminado nos mais diversos meios e para as mais diversas pessoas. Atualmente todos têm acesso ao conhecimento e tem capacidade de decidir tanto quanto o líder. Se é assim por que então deixa esse poder mão de alguns? Por que não aproveitar o conhecimento de todos, delegar responsabilidade a todos, difundir o poder e transformá-lo, numa ferramenta participativa.

Se você é um empreendedor comece a repensar a estrutura da sua empresa, se não é comece a ser dentro do ambiente que você faz parte, trate a empresa como um organismo vivo e não como um relógio que é eficiente, mas não tem vida e muito menos a capacidade de inovação.



GOSTOU? COMPARTILHE!